Interatividade é a marca registrada do Museu da Língua Portuguesa. Desde sua inauguração, em 2006, o “planetário da língua” traz aprendizagem em forma de experiência. Por que estou escrevendo no presente? Porque o Museu está vivo!

Ações itinerantes em prol da nossa língua seguem firmes em paralelo a reconstrução de sua sede, na Estação da Luz. A combinação de sucesso: acervo + atividade também acontece aqui na 25ª Bienal do Livro SP.

Embarcando na viagem cultural, os visitantes descobrem como são faladas diferentes frases em países que falam português como Angola, Moçambique e Portugal, por exemplo.

Espaços lúdicos com jogos regionais, máquina que cria histórias mediante participação dos visitantes ao rodar engrenagem e outros ambientes, estimulam a compreensão da história da língua portuguesa de um jeito participativo e fácil de aprender.

Sentiu falta da Praça da Língua, aquela instalação audiovisual enorme símbolo do Museu? Ela também veio parar na Bienal! Um vídeo adaptado traz palavras de consagrados como Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira.

A redatora aqui, que já visitou umas cinco vezes o Museu, sentiu aquecer o coração com tanta coisa boa deste lugar! Vale a pena a visita, fica ao lado da Arena Cultural BIC®.

Sabia que terça-feira também é dia de Bienal do Livro SP? Veja 6 frases que só quem vem durante a semana pode te falar. Essa edição está demais!

Venha viver esta experiência.

#BienaldoLivroSP 📖📚 #DescobrindoABienaldoLivroSP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here